Fitness

DÚVIDAS FREQUENTES PARTE 1: Como tudo começou

Olá Pancakes

Ultimamente tenho recebido muitas perguntas no meu instagram sobre o meu “antes” com algumas dúvidas sobre o que fiz na altura para começar a perder peso.

Podem ver aqui um dos primeiros posts que fiz para o blog onde explico a minha história, mas neste post pretendo responder a algumas questões mais específicas de meninas que se identificam com o meu “antes” e têm curiosidade em saber um pouco mais sobre o meu processo.

Atenção que arrependo-me de algumas decisões que tomei na altura e que, se fosse hoje em dia e com o conhecimento que já tenho, teria feito de forma totalmente diferente.

img_6262

Mas vamos lá às respostas a algumas questões que ultimamente me têm chegado:

  1. Quando começaste a treinar?

Inscrevi-me no ginásio em Outubro de 2013. Decidi que queria voltar a ser mais ativa mas não tinha nenhum objectivo em concreto, queria perder uns quilinhos apenas e não era muito atenta à alimentação.

  1. Quantas vezes por semana treinavas?

Isto foi um processo gradual. Comecei por treinar apenas 3 vezes por semana, depois comecei a ver alguns resultados, principalmente o peso a diminuir, e comecei a ir 4 vezes. Entretanto aumentei para 5 vezes e quando troquei de ginásio e fui para o Virgin em Oeiras a meados de Março de 2014 passei a treinar 6 vezes por semana, apenas descansava ao domingo.

  1. Que tipo de treino fazias?  

Logo no início só fazia aulas, quando ia as tais três vezes por semana. Só passados uns mesinhos é que comecei a fazer treinos na sala, mas eram sobretudo treinos funcionais só à base do cardio praticamente. É aqui que me arrependo de não ter logo começado a fazer musculação, perdi muito peso mas fiquei sem formas nenhumas.

  1. E em relação à alimentação, como era?

Reduzi drasticamente hidratos de carbono e gorduras entrando, assim, em défice calórico. Foi algo um pouco exagerado que hoje em dia e com a informação que já tenho sobre o assunto teria feito de outra forma. Quando nos iniciamos neste estilo de vida podemos sentir-nos assoberbados com tanta informação e, no início, a que mais prevalece é “se queres emagrecer corta nos hidratos” e eu assim o fiz. Cheguei a ouvir isto da boca de personal trainers. Obviamente acabei por criar alguma aversão aos mesmos, até fruta deixei de comer pois “tinha muito açúcar”. Mas também fiz alterações positivas, como é óbvio. Excluí o pão, massa e todo o trigo da minha alimentação porque acabei por descobrir que o mesmo era a causa do meu desconforto intestinal e obstipação. Passei a comer mais vegetais e mais proteína, maioritariamente fontes magras e a optar por métodos de confecção como grelhados e assados. Excluí fritos, passei a evitar alimentos processados e a beber muita água.

  1. Tomavas algum tipo de suplementação?

Sim. Comecei a tomar whey e bebia um shake sempre depois do treino. No início ajudou-me muito a nível de recuperação muscular pelo simples facto de que comecei a ingerir mais proteína.

img_5731

  1. Quanto tempo demorou até atingires o peso que querias?

Não foi um processo muito rápido, cerca de 6 meses. Mas foi nessa altura que me apercebi que o peso não era tudo, pois estava feliz com os números na balança mas o corpo que eu via ao espelho não era o que eu queria.

  1. Quanto pesavas quando começaste?

Não sei ao certo, mas devo ter rondado os 62/63kg (meço 163cm).

  1. Qual foi o peso mais baixo que tiveste?

No fim do ano de 2014 atingi os 53kg.

  1. Tiveste algum acompanhamento?

Fui a dois nutricionistas: um no início durante cerca de dois meses que me ajudou a perder algum peso, mas depois senti que já tinha algumas noções básicas e continuei sozinha; e outro no verão de 2015 onde, apesar de ter notado muitos resultados, devido a ser um pouco restritivo acabei por não continuar. Descobri que não estou bem a viver agarrada a um plano alimentar que me “obriga” a comer de x em x horas e refeições específicas e com pouca variedade.

  1. Alguma vez tiveste PT?

Não, nunca. O ginásio onde ando – Virgin Active em Oeiras – tem instrutores muito bons profissionais e a inscrição possibilita-nos ter acesso a um plano de treino. No início são muito genéricos, mas há medida que fui conhecendo quem lá trabalha fui tendo planos mais adaptados a mim e aos meus objectivos.

Bem, penso que respondi à maioria das questões que me têm feito. Isto também serve para vos dizer que o que eu fiz não é exemplo para ninguém. Isto serve para vos matar um bocadinho a curiosidade sobre mim e o meu processo, mas de todo que aconselho alguém a fazer as coisas exatamente como fiz.

Se se estão a iniciar neste estilo de vida e querem mudar não leiam tudo o que se diz por aí nas redes sociais. Primeiro estabeleçam um objectivo e depois pesquisem para esse objectivo em específico ou procurem ajuda de profissionais. Não acreditem que se comerem hidratos vão engordar, mas também não acreditem quando se diz que podem comer tudo o que querem e ainda assim verem resultados (senão não havia 50% da população com excesso de peso em Portugal, não é verdade?). O fitness hoje em dia está a perder muito a sua essência, parece haver cada vez mais pessoas cheias de opiniões e, mais grave que isso, opiniões descontextualizadas que acabam por baralhar mais e induzir em erro quem menos conhecimento tem do assunto.

image_6483441

Portanto informem-se a fundo, não retirem conclusões descontextualizadas e, acima de tudo, definam primeiro o vosso objectivo, tracem metas e percorram o vosso caminho sempre com isso em mente.

Se tiverem mais dúvidas ou sugestões não hesitem em comentar! 🙂

Um beijinho,

Anaísa

Anúncios

6 thoughts on “DÚVIDAS FREQUENTES PARTE 1: Como tudo começou

  1. Aconteceu-me o mesmo… Em 5 meses vim de 56kg para 54kg e apesar de passar 33% de massa gorda para 28%, não estou nem perto do corpo que quero ver no espelho. E às vezes acho mesmo que estagnei. Mas ao mesmo tempo prefiro não entrar em paranóia e deixar que o tempo fale por si, afinal de contas também só comecei o ginásio a sério em Junho de 2016, portanto, para quase 7 meses, é um bom progresso, right?

    Gostar

  2. Gostei muito de ler esta tua experiência. Ando agora numa fase em que sei que a alimentação está bem e em que treino mas não o suficiente e sem os resultados totais que procuro. Estou numa fase de descoberta ainda…beijinhos!!

    Gostar

  3. Olá Anaisa 🙂
    Desde já Parabéns pelo blog.
    Eu treino 3 x por semana à cerca de 1 ano e estou a notar resultados.
    Gostaria de perder ou melhor o aspeto da minha celulite, achas que é realmente verdade que melhora? Reparei nas tuas fotos uma grande melhoria.

    Obg
    bjinhos
    Sofia

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s