Estilo de Vida

Hidratos de carbono na perda de peso: sim ou não?

Olá Pancakes

Estou de volta! (Pelo menos por hoje eheh).

Já tinha este post em mente há alguns tempos pois muitas das mensagens que recebo ainda são relacionadas com os hidratos de carbono e o pavor a este macronutriente no processo de perda de peso.

Como sabem não sou nutricionista nem tenho qualquer formação nesta área, mas gosto muito de ler e de me manter informada sobre vários aspectos que concernem a alimentação e nutrição e partilhar convosco o que sei e as minhas opiniões baseando-me na minha experiência e nos meus resultados.

Para quem é “novo” aqui no blog, vou já contextualizar:

  • Eu faço contagem de macros, ou seja, tenho uma determinada meta de calorias a atingir por dia dentro das quais tenho estruturado as quantidades de cada macronutriente que devo ingerir. Macronutrientes, entenda-se, proteína, hidratos de carbono e gorduras. Podem ver aqui aqui como calcular as calorias diárias necessárias e as macros, respectivamente;
  • Neste momento o meu objetivo é manter a minha forma física sendo que as minhas calorias e macronutrientes estão calculados para manutenção;
  • As minhas macros neste momento são: 150g de proteína, 180g de hidratos de carbono e 62g de gordura. Isto perfaz cerca de 1870kcal por dia;
  • Actualmente estou com 54,5-55kg. O meu peso vai oscilando dependendo da altura do mês o que é perfeitamente normal principalmente em nós, mulheres.
  • Pretendo manter-me neste registo uma vez que com o trabalho não estou com grande tempo e disponibilidade para me focar a 100% nisto portanto a minha estratégia é mesmo continuar a alimentar-me bem, ter tempo para treinar e desfrutar do treino. Mais que preocupar-me com a forma física, estar bem a nível de saúde mental é o meu principal objetivo agora.

E pronto, este é o plano geral actual. Para quem me acompanha há algum tempo sabe que antes desta fase eu estava com calorias para perda de peso, estava em fase de cut onde atingi os desejados 55kg sem perda significativa de massa muscular. E sabem com que quantidade diária de hidratos de carbono eu estava? 150g. E perdi 3kg com esta quantidade, coisa que há dois anos achava impossível de acontecer. Para mim perder peso significava consumir 60/70g de hidratos, não mais que isso.

Desde essa altura que a minha mentalidade mudou muito, bem como a minha visão face à nutrição e à comida. Uma das coisas que tive que assimilar, apesar de ter demorado o seu tempo, foi que preciso de hidratos de carbono porque treino. Treino bem e treino pesado, gasto bastante energia por dia e não posso dispensar os hidratos da minha alimentação. Porém, a minha posição face aos hidratos é bastante neutra, não defendo que os devemos banir totalmente da alimentação, mas também não acho que sejam extremamente importantes. Depende do estilo de vida de cada um.

Se deixássemos de comer proteína não sobrevivíamos. Se deixamos de ingerir fontes de gordura também não sobrevivíamos. Mas sem hidratos de carbono conseguimos viver. Os hidratos de carbono não são assim tão indispensáveis para pessoas que, o único exercício físico que fazem, é ir de casa ao carro, do carro para o escritório e vice-versa. Para indivíduos ativos é outra história. Por isso é que é importante ter em atenção o nível de actividade física que a pessoa tem seja o seu objectivo qual for.

Hidratos de Carbono na perda de peso: sim ou não?

A resposta é: depende. Depende de muitos factores, mas actividade física tem um grande peso. Eu consegui perder peso com uma quantidade razoável de hidratos de carbono que, para muitas raparigas se calhar é demais. Mas para outras também pode ser de menos. O meu conselho é, se fazem exercício com regularidade e treinam musculação pesada tendo um grande dispêndio calórico, não retirem os hidratos da vossa alimentação mesmo que estejam a querer perder peso. Certifiquem-se apenas que estão em défice calórico e joguem com as calorias de forma a conseguirem encaixar uma boa dose de hidratos para vos dar energia.

Para quem tem uma vida sedentária ou simplesmente vai correr ou fazer umas caminhas de vez em quando, não acho que os hidratos de carbono façam falta (ups, já disse). Uma dieta rica em proteínas e gorduras é muito mais eficaz e muito mais saciante. Não quero com isto dizer para banirem todo o tipo de hidratos, claro que não. Fruta, legumes, batata-doce, tudo isso são hidratos de carbono e devem fazer parte de uma dieta equilibrada e variada, mas em porções moderadas.

Percebam o vosso corpo, as diferentes formas de reacção aos diferentes estímulos e elaborem um plano de acção. Esta não é uma ciência exata e não funciona de maneira igual para ninguém, porque além de cada corpo ser um corpo existem ainda diversos factores externos que não permitem que esta seja uma ciência universal.

Não tenham medo de arriscar, de fazer experiências e, se se sentirem demasiado perdidos, não hesitem em procurar ajuda de um profissional na área que vos ajude a alcançar os vossos objectivos.

Um beijinho,

Anaísa

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s